🎉🍊 56 Anos: Conheça a História de Emancipação de Sairé, Terra da Laranja

Há 56 anos nossa cidade conquistava sua autonomia política e administrativa, tornando-se município.

111

A Emancipação Política de Sairé aconteceu no dia 23 de dezembro de 1963, através do decreto de Lei Nº 22, o projeto teve autoria do deputado estadual, Adalto José de Melo, e assinado pelo governador da época Miguel Arraes de Alencar.

O povoamento de Sairé iniciou-se após a abertura de um caminho que ligava o povoado de São José dos Bezerros ao sul do estado, passando pela Vila Bonita, por iniciativa dos fazendeiros, almocreves e tropeiros. Como era uma região de florestas, o local à margem deste caminho onde hoje está situado o município de Sairé ficou conhecido como Boca da Mata. Os primeiros povoadores dedicaram-se ao cultivo da mandioca e da cana-de-açúcar e posteriormente café. Em 1896 tornou-se distrito São Miguel, subordinado a Bezerros. Pelo decreto-lei nº 952, de 31 de dezembro de 1943, o distrito de São Miguel, passou a denominar-se Sairé. A lei estadual nº 4.942, de 23 de dezembro de 1963, deu autonomia ao município.

Durante o período em que foi pertencente ao município de Bezerros, houve na região o florescimento de diversos engenhos de cana, que produziam açúcar, aguardente e rapadura. A partir da segunda metade do século XX, entretanto, esses engenhos entraram em decadência e hoje praticamente foi extinta sua antiga atividade.

O topônimo Sairé tem significado controvertido. Alguns atribuem a uma corruptela de Sirinhaém, o rio. Já Luís Caldas Tibiriçá sustenta que o termo significa “saíra diferente”, uma espécie de saíra.

A história de Sairé foi publicada em duas obras, “Sairé: reminiscências de um povo que caminha com São Miguel”, de autoria de Flávio Guerra, e “Sairé: datas e acontecimentos“, de autoria de Miguel Pessoa das Neves.

Deixe seu Comentário!